Anúncio esmagador do iPad Pro gera polémica

By | 13/05/2024

O anúncio publicitário “Crush” do novo iPad Pro OLED da Apple está a gerar polémica por destruir instrumentos musicais e ferramentas criativas.

A Apple tem é tradicionalmente conhecida por fazer anúncios marcantes, mas desta vez esse objectivo não está a ser atingido pelo lado positivo. Pelo contrário, o vídeo “Crush!” apresenta-nos uma parafernália de instrumentos musicais, ferramentas criativas, e outros, que são destruídos numa gigantesca prensa hidráulica. A ideia é simbolizar que todas essas capacidades estão condensadas num iPad Pro, mas a destruição destes objectos está a chocar muitos fãs da marca, que consideram completamente despropositado que a Apple tenha recorrido a tal analogia.

Não faltam análises mais profundas, ao gosto de cada um, desde as que referem o fim de um ciclo – dos tempos do famoso anúncio 1984 que dava destaque às pessoas – para agora se chegar a um ponto em que temos uma máquina destruidora a desintegrar objectos muito apreciados pelos humanos. Isto para não falar dos que acusam a Apple de mentir descaradamente quanto diz que o novo iPad Pro é o seu “produto mais fino de sempre” com 5.1 mm, quando o iPod Shuffle 3rd gen tem 4 mm de espessura).

Caricatamente, há quem diga ter resolvido o problema deste vídeo… simplesmente reproduzindo-o de trás para a frente.

Tendo em conta a velha máxima de que “toda a publicidade é boa publicidade”, não há dúvida que a Apple está a ter aquilo que deseja, mesmo que não seja da forma que esperava.

(Ptnik)