Pagamentos contactless no Metro de Lisboa atingem 1 milhão de transações

By | 07/02/2024

A Unicre, em conjunto com o Metropolitano de Lisboa e a Visa acabam de celebrar o marco de mais de um milhão de transações realizadas através da nova modalidade de pagamento contactless. Este sistema foi implementado em junho de 2023 para mudar a forma como os passageiros ocasionais utilizam a rede do Metro de Lisboa.

O projeto EMV do Metro de Lisboa que integra a tecnologia contactless nos canais de validação, tem atraído um equilibrado interesse tanto de passageiros nacionais como internacionais. De realçar que mais de 60% das operações foram realizadas por consumidores nacionais.

Mais de 60% das operações foram realizadas por consumidores nacionais

metro de lisboa

Fernando Carvalho, Administrador da Unicre, expressou a satisfação pela aceitação positiva do sistema por parte dos utilizadores e sublinhou a importância de disponibilizar soluções de pagamento que simplifiquem o dia a dia. A Unicre está já a avaliar a expansão desta possibilidade para novas geografias e diferentes tipos de transportes públicos.

Gonçalo Santos Lopes, Country Manager da Visa em Portugal, destacou a relevância da solução para a cidade de Lisboa, beneficiando tanto residentes como turistas. Já Vítor Domingues dos Santos, Presidente do Conselho de Administração do Metropolitano de Lisboa, enfatizou o compromisso contínuo da empresa em inovar e modernizar a experiência dos clientes.

Com a introdução dos pagamentos contactless, o Metro de Lisboa quer posicionar-se “como um dos operadores mais avançados à escala global em termos de serviço público oferecido”. A redução do uso de papel e a contribuição para a sustentabilidade ambiental são outros aspetos positivos destacados por Vítor Domingues dos Santos.

Caso não saibas, esta possibilidade destina-se principalmente aos utilizadores que não tenham passe, para não terem de inserir cartões ou digitar códigos nos terminais para pagar as viagens. Além de poderes usar o teu cartão bancário, dá-te a possibilidade de pagar com tecnologias como o Apple Pay ou Google Pay.

(4gnews)