WSA: Portugal tem cinco projetos na shortlist dos prémios de inovação das Nações Unidas

By | 02/02/2024

Dos oito projetos portugueses candidatos aos World Summit Awards, cinco acabam de ser selecionados para a shortlist desta relevante iniciativa internacional: Ethiack, Literary Highways (Clube de Autores), MOSAICO, DigitALL e DeepNeurotic. O que vem comprovar a notável capacidade de inovação nacional.

De acordo com o cronograma estabelecido, os projetos serão agora avaliados pelo Grande Júri, que se reunirá em fevereiro na Índia para selecionar os 40 vencedores finais. Estes estarão presentes no WSA Global Congress, que decorrerá entre 14 e 17 de abril, na Patagónia, no Chile.

Os projetos nacionais que passam assim à shortlist do WSA são, por categoria:

BUSINESS & COMMERCE: ETHIACK

https://ethiack.com/

Uma plataforma revolucionária de cibersegurança B2B, que utiliza uma combinação única de hacking humano e de máquinas.

 

CULTURE & HERITAGE: CLUBE DOS AUTORES

http://www.clubedeautores.pt

Uma plataforma de autopublicação inovadora que utiliza inteligência artificial para democratizar o acesso à publicação e leitura, facilitando a publicação de mais de 90.000 livros em Portugal e no Brasil.

 

GOVERNMENT & CITIZEN ENGAGEMENT: MOSAICO

https://mosaico.gov.pt/

Um modelo comum para o desenho e desenvolvimento de serviços públicos digitais, focado no design centrado no utilizador e em princípios universais de boa governação.

 

LEARNING & EDUCATION: DIGITALL

https://www.digitall.vodafone.pt/

Um programa que visa colmatar a falta de competências digitais, melhorando a educação digital das crianças.

 

URBANIZATION & SMART SETTLEMENTS: DEEPNEURONIC

https://deepneuronic.com/

Um sistema inovador de videovigilância que utiliza IA para identificar autonomamente mais de 100 objetos diferentes e 30 situações diversas.

 

A APDC lidera este processo de seleção há mais de uma década, escolhendo os projetos nacionais em oito categorias para representar Portugal nas edições anuais do WSA, que abrangem mais de 180 países.  O WSA, iniciado em 2003 no âmbito da Cimeira Mundial das Nações Unidas sobre a Sociedade da Informação (WSIS), contribui para a Agenda dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, reconhecendo conteúdos digitais locais com impacto na sociedade, demonstrando a riqueza e a diversidade de aplicações inovadoras.

 

“Estamos muito orgulhosos por ver cinco projetos notáveis do nosso país chegarem à shortlist deste prestigiado prémio internacional. Cada um dos projetos representa a inovação e o impacto que as soluções locais inovadoras podem ter na sociedade, alinhando-se com os objetivos de desenvolvimento sustentável das Nações Unidas. Aguardamos agora com expetativa os resultados da votação do Grande Júri. Na APDC, estamos comprometidos em destacar, reconhecer e promover a excelência digital”, afirma Sandra Fazenda Almeida, Diretora Executiva da APDC e National Expert do WSA.

 

Para mais informações sobre a shortlist, visite https://wsa-global.org/2024/01/09/shortlist2023/.

(ITO)